terça-feira, 5 de abril de 2011

APRENDENDO COM A PRIMAVERA

Saber se deixar podar faz parte da evolução Aprendi com a primavera a me cortar... E a voltar sempre inteira.
Cecília Meireles

A vida sempre nos surpreende. A frase de Cecília me faz lembrar o pensamento de algum escritor - que eu não me lembro qual - que falava sobre os momentos da vida. Ele nos fazia lembrar que a vida é assim mesmo, reveladora, misteriosa. Que quando acreditamos estar prontos e termos aprendido praticamente tudo o que se possa saber sobre a vida, é justamente nessa hora que nossa história muda totalmente.
E o tempo nos prova isso. As vezes acontece a fase da calmaria. Em outros momentos vivemos a fase da solidão. Em outros são os dias dos encontros, reencontros. E há também as fases de dor e tristeza. Essas, querendo a gente ou não, são as melhores para nos fazer amadurecer, crescer. Acontece para nos provar, para nos revelar quanto somos e podemos ser fortes.
É por isso que as palavras de Cecília mexe tanto comigo. O momento é de turbulência e com coração apertado a gente não brinca. É preciso parar tudo, respirar profundamente e dar um jeito de tocar essa "barca" gigante que precisamos direcionar com tanta responsabilidade. Então em tempos assim, eu leio frases belas como essa, vejo filmes encantadores, me recolho, volto-me para mim mesma.
A importância desses momentos se revelam no resultado que a dor nos proporciona. Deus sempre nos concede força. É incrível o poder de sua misericórdia. E é incrível como somos atendidos quando clamamos com fevor e amor sincero no coração. POrque todos nós sabemos que Ele não nos dá a carga maior do que não podemos suportar. Nada vai além do limite. O limite somos nós mesmos. E também o respeito que precisamos ter para com os outros, de forma correta e justa.
Todo mundo tem o seu tempo. Há o tempo de semear, há o tempo de regar, tempo de cultivar, cuidar e há também o tempo de se deixar podar. Porque na poda, nos encolhemos para crescer depois. Nos permitimos ficar pequenos, sensíveis, frágeis até, só para depois florecermos ainda mais belos, revigorados, fortes. É a vida aconteendo como as flores na primavera. É a vida pulsando o tempo de cada um e nos exercitando um pouco mais desse presente maravilhoso que é viver. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário